GUIA DEFINITIVO PARA INVESTIDORES INICIANTES

GUIA DEFINITIVO PARA INVESTIDORES INICIANTES

GARANTA SEU E-BOOK GRÁTIS

Seu e-mail está 100% seguro!

Educação Financeira: 5 Erros Graves E Como Evita-los

Educação Financeira: 5 Erros Graves E Como Evita-los
Gostou? Compartilhe esse artigo

As pessoas costumam dizer que destruir é bem mais fácil que construir. E quando o assunto é educação financeira, não há quem discorde. Para gastar um dinheiro guardado, basta uma ida ao shopping rápida. Porém, para que você junte dinheiro, é preciso meses de trabalho.

 

Infelizmente, não há outro caminho para se ter educação financeira. Você precisa ser estratégico e saber controlar suas finanças. Dessa forma, você poderá crescer, tendo metas e objetivos claros. Afinal, se você sabe onde quer chegar, você terá motivos para chegar lá.

 

O primeiro passo para você adquirir educação financeira é diagnosticar corretamente como está sendo gasto seu dinheiro. Nesse link você encontra um método completo pra saber exatamente qual a sua situação financeira atual e como muda-la.

 

E foi pensando nisso que preparamos esse artigo para você. Abaixo você vai conferir 5 erros de educação financeira que muitas pessoas cometem. Além disso, também explicaremos como evita-los. Não deixe de acompanhar o artigo e boa leitura!

 

Erro 1 de educação financeira: não ter planejamento

educaçao financeira não ter planejamento - Educação Financeira: 5 Erros Graves E Como Evita-los

Se você quer ter educação financeira, você precisa saber que o planejamento é fundamental. É a partir dele que você vai controlar a entrada e a saída do seu dinheiro. E saiba: é essencial que você saiba quanto dinheiro está entrando e quanto dinheiro está saindo, todos os meses.

 

A partir desse controle, você saberá se está fazendo gastos desnecessários, para que cortes sejam feitos.

 

Também é possível saber onde você pode investir mais do seu dinheiro. Afinal, todo mundo sabe: o segredo para enriquecer é não perder dinheiro. Não precisamos explicar o motivo, não é mesmo?

 

Erro 2 de educação financeira: você compromete o salário antes de receber

Esse é um erro que muitas pessoas nem notam que fazem, mas que pode ser prejudicial para a educação financeira.

 

Mas, quando você compromete o salário antes mesmo de recebe-lo? Quando você faz compras a prazo. Ou então, quando você promete realizar pagamentos antes de ver o dinheiro na sua mão.

 

Isso prejudica as suas finanças uma vez que diminui as chances de você fazer o planejamento correto do seu orçamento. E o pior: corre o risco de comprometer mais do que você deveria.

 

Além disso, agindo dessa maneira, você acaba favorecendo também a impulsividade. Isso gera finanças bagunçadas e prejudica seus objetivos.

 

Ao invés de fazer isso, espere receber o seu salário. Depois, você deve pagar as suas despesas fixas. Feito isso, você pode pensar no que fazer com o dinheiro que vai sobrar.

 

Erro 3: confundir lucros de empresa com pessoal

educaçao financeira confundir lucro de empresa - Educação Financeira: 5 Erros Graves E Como Evita-los

Se você possui uma empresa, você não pode cometer o erro de confundir os lucros da sua empresa, com os lucros pessoais. Isso pode fazer você ter um descontrole, correndo o risco da sua empresa falir.

 

Sendo assim, o ideal é que você separe um salário para que você o use durante o mês, com o intuito de não mexer no caixa da sua empresa. O lucro da sua empresa você deve usar para outros fins, como investir no seu próprio negócio.

 

Erro 4 de educação financeira: você não prioriza compras à vista

Há um hábito fortemente arraigado da cultura brasileira: fazer compras a prazo. Por conta disso, muitas pessoas comprometem o seu salário, antes mesmo de recebe-los.

 

Quando você usa cheques especiais, cartão de crédito e outros desses elementos, você não consegue avaliar, de forma correta, o impacto que gera no orçamento.

 

Além disso, você ainda terá a preocupação de que o seu orçamento ficará comprometido por muito mais tempo. Por isso, o ideal é que você priorize sempre compras à vista. Isso vale, principalmente, para itens que não são necessários.

 

Em algumas condições, como um parcelamento, tente negociar em parcelas pequenas e de preferência, sem juros.

 

Erro 5: não trabalhar com reservas

educação financeira não trabalhar com reservas - Educação Financeira: 5 Erros Graves E Como Evita-los

Não trabalhe sempre no limite do que você reserve. O que acontece se você tiver uma emergência? Ficará sem saber de onde tirar o dinheiro para sair do aperto. Porém, lembre-se: a reserva de emergência só deve ser usada em casos extraordinários.

 

O recomendado é que essa reserva seja equivalente a seis meses sem trabalho. O importante é que você tenha controle e não precise ficar no vermelho. Uma outra boa dica é fazer investimentos, como investir no Tesouro Direto.

 

Conclusão

Espero que você tenha entendido quais são os erros de educação financeira que você comete e como você pode evita-los. Agora é com você!

 

Lembrando que se você ainda não sabe qual a sua situação financeira atual e não sabe como muda-la, esse método aqui irá te ensinar como fazer

 

Siga nossas dicas e boa sorte!


Gostou? Compartilhe esse artigo

Sobre o Autor

0 Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *